quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A noite


A noite chega tão bonita
uns dias meio esquisita
Sempre com estrelas a brilhar
e também com seu luar

Sempre linda e brilhante
a estrela muito elegante
visita todo lar
sem medo de se desamparar

A lua então vem
sem assustar ninguém
sempre querendo iluminar
toda criança que quer voar

Um comentário:

Olhos de mel disse...

Minha netinha amada, você a cada dia que passa me surpreende mais.
Lindo poema!
Só os poetas são capazes de observar a beleza e imponência da lua
Beijos